PAMIDRONATO DISSODICO (GEN) 90MG+DIL10ML

EUROFARMA
15237
0 avaliações

PAMIDRONATO DISSODICO (GEN) 90MG+DIL10ML

EUROFARMA
15237
Avaliar produto

Gostaria de receber notificação quando este produto estiver disponível?

Calcular frete e prazo de entrega
Digite um CEP e clique no botão OK.
Informações

Necessita de um orçamento formalizado para este produto? Encontrou um preço mais baixo? Produto Indisponível em nosso site?

Ligue para Nossa Central de Vendas (16) 2132-5000 ou envie um e-mail para loja9@cirurgicamafra.com.br que iremos entrar em contato imediatamente.

Também poderá usar a opção "Fale Conosco" de nosso site que retornaremos o mais rápido possível!

Características do produto

Pamidronato Dissódico

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999

Pó liófilo para solução injetável

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES:

Pó liófilo para solução injetável, 90 mg. Embalagem contendo 1 frasco-ampola acompanhado de 1 ampola diluente com 10 mL.

USO INTRAVENOSO

USO ADULTO

COMPOSIÇÃO:

Pamidronato dissódico 90 mg. Cada frasco-ampola contém:

Pamidronato dissódico .......................... 90 mg** Excipientes q.s.p. ............................................................................................................... 1 frasco-ampola*

*Excipientes: manitol e ácido fosfórico. ** Cada 1 mg de pamidronato dissódico equivalem a 0,84 mg de pamidronato base. Cada ampola de solução diluente contém: Água para injetáveis .................................................................................................................. 10 mL

INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

1. INDICAÇÕES

Pamidronato dissódico está indicado no tratamento de condições associadas ao aumento da atividade osteoclástica, tais como: Hipercalcemia induzida por tumor (Outros distúrbios do metabolismo mineral): O aumento da atividade osteoclástica, resultando em reabsorção óssea excessiva, é a alteração fisiopatológica responsável pela hipercalcemia associada a tumores. A maioria dos casos ocorre em pacientes com neoplasia maligna de mama, neoplasia de células escamosas do pulmão, neoplasia maligna de face, cabeça e pescoço, carcinoma de células renais e certas neoplasias hematológicas, tais como, mieloma múltiplo e neoplasias malignas de plasmócitos e alguns tipos de linfomas. Outras neoplasias menos comuns como vipoma e colangiocarcinoma apresentam alta incidência de hipercalcemia como uma complicação metabólica. Há dois tipos de mecanismos fisiopatológicos envolvidos: (1) hipercalcemia humoral, onde os osteoclastos são ativados e a reabsorção óssea é estimulada por fatores, tais como, proteína relacionada ao paratormônio produzida pelas células tumorais e secretadas na corrente sanguínea; (2) invasão extensa dos ossos por células tumorais, onde há produção local de fatores que estimulam a reabsorção óssea pelos osteoclastos. As concentrações séricas de cálcio nos pacientes com hipercalcemia induzida por tumores podem não refletir a gravidade da hipercalcemia devido à hipoalbuminemia concomitante que esses pacientes podem apresentar. A determinação do cálcio ionizável dever ser utilizada para o diagnóstico e acompanhamento das condições hipercalcêmicas. Quando não disponível, o cálculo do cálcio total, de acordo com a concentração de albumina, poder auxiliar no diagnóstico. Vários nomogramas são utilizados para esse fim (vide item “posologia”). Metástases ósseas (Neoplasia maligna secundária dos ossos) predominantemente líticas e mieloma múltiplo: Metástases ósseas osteolíticas ocorrem comumente em pacientes com mieloma múltiplo ou neoplasia maligna de mama. A distribuição das metástases osteolíticas dessas neoplasias ocorre, predominantemente, no esqueleto axial, particularmente, coluna vertebral, pélvis e costelas. A destruição óssea causada pelas lesões osteolíticas provocam dores ósseas graves e podem ser responsáveis por fraturas ósseas patológicas, tanto no esqueleto axial, quanto no apendicular. Doença de Paget do osso (osteíte deformante) moderada a grave: é uma doença idiopática caracterizada por destruição óssea focal crônica complicada por reparação óssea excessiva ocorrendo em um ou mais ossos. Essas alterações resultam no espessamento de ossos enfraquecidos e propensos a fraturas patológicas ou diminuição da resistência ao esforço.

Avaliações Já possui esse produto? Deixe sua avaliação.
Comentários

Para sua maior segurança, atualizamos a Política de Privacidade da loja. Ao continuar navegando, entendemos que você está ciente e de acordo com elas.

Cadastre seu e-mail para receber novidades.
Imagem da newsletter